quinta-feira, 14 de julho de 2011

devaneios sobre cecile cassard

se quer ver o sol, despe-te até a cintura
querer felicidade ja é ser feliz
vejo pessoas agirem como cães que pensam
e sentirem vergonha, como o cavalo de Sócrates,
sinto nos seus olhos o desejo de tomar a mesma decisão...

tudo me invade, me uno a eles
vejo sua imagem em holografias
apago a luz e estico o corpo na horizontal
sorrio sentido o gosto da neurastenia
ao mesmo tempo que meu ventre sangra
e clama para não morrer.

3 comentários:

Um brasileiro disse...

ola. tudo blz? estive passeando por aqui. muito legal. apareça por la. abraços.

Nathy Costa disse...

http://paraneura.blogspot.com/, meu blog da uma olhada tb!
o seu é muito bom

Nathalia =) disse...

Olá!!! li seu blog e adorei!!! já estou te seguindo!!! me segue tb???
Estarei sempre por aqui lendo seus posts, mt legal mesmo!!! beijocass =D

...