domingo, 18 de outubro de 2009

there's only one sun, but it travels the world every day




A obra de Kar-Wai é marcada pela nostalgia do não vivido, numa tentativa de capturar e eternizar em cada plano um determinado momento no tempo, um instante que jamais se repetirá, e que exatamente por esse motivo ja é fruto de sofrimento enquanto acontece, pelo simples fato de que logo passará.

Eduardo Valente
(Bravo! n°113)

3 comentários:

mariana disse...

não gosto muito dele, acho meio forçada a forma como tenta fazer tudo parecer lúdico (e plástico).
(e daí, né?)

Lilianne Mirian' disse...

Visiiteii..
Gosteii..
Seguii
Cê escrevi Bem né?!.. Rá!


Bjos'

mariana disse...

Visiiteii..
Gosteii..
Seguii

...